Paris para os íntimos!


Cité-Saint Louis-Marais

06/09/2010 12:14

Paris começou na pequena ilha Ile de la Cité e se chamava Lutèce. O primeiro palácio real, o Palácio des Capétiens foi construído lá, assim como a catedral Notre Dame  e a Sainte Chapelle.  Quando a população foi crescendo, começou a habitar a pequena Ile de Saint Louis ao lado da Ile de la Cité, e depois as duas margens do Sena.

Essa etapa começa na Ile de la Cité (estação de metrô Cité da linha 4). O antigo Palácio des Capétiens,  foi depois transformado  em prisão, recebendo o nome de  Conciergerie. Abrigou presos celebres da Revolução Francesa, com a rainha Marie-Antoinette.  Hoje é onde funciona o Palácio da Justiça. É possível visitar as antigas prisões e vestígios do Palácio des Capétiens. O ingresso para visita custa 7.00 euros. A Sainte Chapelle foi edificada no século XIII por ordem de São Luis para abrigar a coroa de espinhos de Cristo. A capela tem 600m² de vitrais, a maior parte original. Ingresso custa 8.00 euros. Visite também a Notre Dame (ver Paris em 1 dia).

Depois de visitar a Ile de la Cité, atravesse a pequena ponte, por traz da Notre Dame que une a Ile de la Cité à Ile Saint Louis. A ilha de Saint Louis guardou o clima de pequena vila, com suas ruas estreitas e casas antigas, nem parece que você está no coração de Paris. Passear pelas ruazinhas é muito agradável, há vários restaurantes, entre eles o Nos Ancêtres les Gaulois que nos leva a uma viagem à idade média e o famoso sorvete Berthillon (ver Onde Comer).

 Plan de l'île de la Cité

 

 A seguir, atravesse a ponte da Rue des Deux Ponts em direção à Rive Droite para conhecer o Marais. Situado no triângulo entre o Hôtel de Ville, a  Place de la Bastille e a Place de la République, o Marais é um "quartier" histórico e muito interessante.  Já foi o bairro da nobreza parisiense, e ainda hoje em dia a Place des Vosges é o endereço de artistas famosos e políticos, mas em meados do século XVIII a nobreza se mudou para os arredores da rue Saint Honoré e Saint Germain.  Na revolução francesa o bairro foi ocupado por  artesãos e trabalhadores que ocuparam as antigas mansões e transformaram em ateliers. A parte sul do bairro se caracteriza pelos inúmeros ateliers, antiquários, restaurantes, lojas de estilistas de moda, uma grande comunidade judaica e de gays. A parte norte foi praticamente tomada por imigrantes chineses.

Siga pelo Quai des Célestins até a Rue Saint Paul. No final da rua, dobre à direita na Rue de Rivoli  e depois na primeira à esquerda para chegar na Place des Vosges. A praça mais antiga de Paris, foi endereço de muitos nobres. Victor Hugo morou na casa número 6 por 16 anos.

  

 

Depois de visitar a Place des Vosges, volte para a Rue de Rivoli e siga em direção contrária até a Rue Malher, no meio desta rua dobre na Rue des Rosiers, uma típica rua do Marais. No Marais se come o melhor Falafel de Paris. Siga passeando pelo Marais: pegue a Rue des Ecouffes, a seguir a Rue du Roi de Sicile, depois a Rue de la Verrerie, a Rue des Archives e finalmente a Rue Saint Merri para chegar até o Centre Georges Pompidou. No Marais se encontra o Museu Picasso, que infelizmente está fechado para reforma até 2012.

A arquitetura do Centre Georges Pompidou marcou os anos 70 por seu estilo high-tech. Esse templo da cultura moderna e contemporânea abriga o Musée National d'Art Moderne, o  Centro de Criação Industrial, a biblioteca pública, galerias de exposições, salas de cinema, de espetáculo, de concerto e um centro de de pesquisa de música contemporânea. No  5o andar estão obras de Matisse, Picasso, Braque, Léger, Miro. Fechado nas terças-feiras. O ingresso varia de 8.00 a 12.00 euros.

Depois de visitar o Centre Pompidou, siga em direção ao Sena na Rue Beaubourg até chegar no Hôtel de Ville, um dos prédios mais bonitos de Paris. Se tiver tempo e disposição, estique um pouco mais a visita até o Forum des Halles. O Forum é um conjunto arquitetônico de 1979 que hoje abriga  um vasto centre comercial,  cinemas, restaurantes, uma piscina, etc.

 

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!