Paris para os íntimos!


Saint Germain-Saint Michel

06/09/2010 12:16

 

Os famosos Boulevards Saint Germain e Saint Michel delimitam o  Quartier Latin, um dos lugares mais charmosos de Paris.  O passeio pode começar na estação Saint Germain des Prés(linha4), que fica no Boulevard Saint Germain, bem perto da Igreja de Saint Germain des Prés ( pequena igreja de mais de 1000 anos, aberta para visita gratuita).  Saint Germain-des-Près é um dos locais mais charmosos de Paris (ver Paris em 1 dia). Passeando pelas ruas entre o Bd Saint Germain e o rio Sena, nos arredores da Rue Bonaparte e da Rue Jacob você vai encontrar alguns ateliers, antiquários, restaurantes e a Escola de Belas Artes.  A ponte Pont des Arts, que fica nessas imediações, é uma ponte para pedestres, e no verão é muito comum fazer pic-nic na ponte e ficar vendo o pôr-do-sol.

Andando pela Rue de Buci você vai ver muitos cafés, bistrots, além do marché de Buci. É uma rua encantadora. A rue de Buci se continua como Rue Saint André des Arts, também bem animada, com muitos cafés, que termina na Place Saint Michel.

Do outro lado do Boulevard Saint Germain, você encontra mais lojas de roupas, as de sempre e também de novos estilistas exclusivos e bem descolados, veja as Rue de Rennes e a Rue de Sèvres. Nos arredores da estação Mabillon há muitos restaurantes e cafés legais. Há também o Marché Saint Germain des Prés, um mini shopping com uma mini praça de alimentação e mercado.

Perto do Marché fica a Igreja Saint Sulpice (do Código da Vinci). 

Nos arredores da estação Odéon o bairro começa a parecer mais estudantil, ainda com muito charme e animação. Nessas imediações há a escola de medicina René Descartes e no cruzamento do Boulevard Saint germain com o Saint Michel fica o Museu da Idade média com os Termas e o Hotel de Cluny e o Jardim Medieval. A entrada para visitar o complexo, um dos poucos vestígios da época romana em Paris, se faz por traz pela rua Paul Painlevé. Mas na esquina do Saint Germain com Saint Michel você pode entrar no jardim. No quarteirão entre os Bd Saint Michel e Saint Germain e a Rue Saint Jacques fica um concentrado de restaurantes bem turístico. Vale a pena andar pelas ruas ( principalmente a Rue de la Harpe e a Xavier Privas), é sempre muito animado e cheio de turistas. Entretanto não vale muito a pena comer nessas ruas pois é aquele pega turista mesmo, qualidade duvidosa da comida.

Continue o passeio subindo o boulevard Saint Michel em direção ao jardim de Luxemburgo. No meio do caminho você verá a Place de La Sorbonne, onde fica a Igreja da Sorbonne e a entrada oficial para a universidade, que ocupa todo o quarteirão. Mais adiante no Boulevard Saint Michel, dobre na Rue Soufflot para ver o Panthéon.  Construído de 1764 a 1790 pelo arquiteo Soufflot a pedido de Louis XV, essa antiga igreja tornou-se, depois da Revolução Francesa, um grande memorial para os "Grandes Homens" que marcaram a história da França.    São ao todo 72 homens, entre eles, Voltaire, Victor Hugo, Emile Zola, Marie Curie, Jean Jaurès e Jean Moulin. O ingresso custa 8.00 euros.  Na praça do Panthéon se encontra a escola de Direito da Sorbonne.

Depois continue no Bd Saint Michel até o Jardim de Luxemburgo. É um mini Versailles: um lindo jardim francês e um palácio  que foi construído para a rainha Marie  de Médicis em 1625. Imperdível! O palácio sofreu várias refromas e desde 1800 Napoleão Bonaparte o destinou a abrigar o senado.  No mesmo local há o Museu de Luxemburgo, com exposições temporárias, mas está fechado para reforma até 2011.

Se quiser esticar um pouco mais a visita, da praça do Panthéon siga pela rua à direita do Panthéon, dobre à direita na rue Clotilde, depois à esquerda na rue de l'Estrapade, na bifurcação adiante pegue à esquerda, siga até a rue Descartes, dobre à direita nela e siga até a rue Mouffetard (depois da pracinha). É uma ruazinha simpática, com vários restaurantes e creperias (simples,mas bons e baratos), algumas lojinhas e um mercado de rua. Quando acabar, volte para a pracinha, pegue a rue Lacépede até o fim, depois dobre à esquerda na rue Monge. Logo adiante está a Arène de Lutèce, um dos poucos vestígios do império romanos em Paris, era uma antiga arena.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!