Paris para os íntimos!


Diversos

 

 Pic-nics

Gringo é farofeiro, é verdade, mas temos que admitir que picnicar (eu picnico, tu picnicas, ele picnica, nós picnicamos...) é muito bom! De dia, ou à noite, vendo o pôr do sol na Pont des Arts, vendo a Torre Eiffel piscar no Champs de Mars, com vinho nacional e queijos nacionais, é uma programação muito divertida (e barata!). Na verdade, o picnic vale em qualquer metro quadrado de grama disponível, mas deixo algumas sugestões: parques (ver Parques), a Pont des Arts (ver Saint Germain-Saint Michel), o Champs de Mars (ver Paris em 1 dia), nos quais (beira do rio Sena) aos domingos, fica cheio de gente andando de bicileta, patins, bem animado, quais da Ile Saint Louis, é muito romântico, e também o Jardim de Luxemburgo . Não esqueça: a toalha (pode ser de papel, à venda nos supermercados), o vinho  ou Champagne (ver Compras), o pão, queijos, patés, frios (e o que mais você gostar), guardanapo, água, frutas (morango, framboesa, pêssego, ameixa, etc), doces (chocolate, biscoito, bolos, tortas etc), e, talher se quiser.

Summer Picnic in Paris: Ile St Louis

 

La Défense

La Défense é o maior bairro de negócios da Europa, situado na banlieue oeste de Paris, é totalmente diferente de Paris. O bairro é muito moderno, praticamente constituido de edifícios altos, a maioria escritórios. O quartier se extende sobre uma laje, elevada em relação ao solo, de 31 hectares, totalmente pedestre.  No espaço público da laje há jardins suspensos e pequenas lagoas, além de mais de 60 obras de arte espalhadas. Há um grande shopping center próximo ao Grande Arco.  La Grande Arche de La Défense (Grande Arco), foi inaugurado em 1989, no eixo histórico de Paris (que começa no Louvre, segue pela Champs-Elysées e termina no grande arco), como mais uma das grandes obras de François Mitterrand. No teto do arco, há 110m de altura, existia um restaurante e alguns museus, mas desde abril 2010, está fechado ao público por causa de problemas nos elelvadores. O espaço será transformado em escritórios.

Metrô: estação La Défense-Grande Arche (linha 1, RER A ou Tramway 2). Atenção: se for de RER A é necessário um bilhete que cubra a zona 3. De metrô ou Tramway o bilhete comum dá acesso (mais detalhes em Transporte).

800px-Esplanade-de-la-defense.jpg image by VanLuxemburg

 

Palais Royal

O Palais Royal, originalmente o palácio do cardinal de Richelieu,  parece uma pequena vila bem no meio de Paris, quando se está nos seus jardins. Na "cour d’honneur" está a famosa e polêmica obra "Les Deux Plateaux", do artista contemporâneo Daniel Buren. São colunas de mármore preto e branco, iluminadas à noite com uma luz fluorescente.  Há ainda uma escultura de Plo Bury, e a "Comédie Française" é integrada ao complexo.  

Place du Palais Royal, 75001,  PARIS

Metrô: Palais Royal-Musée du Louvre (linhas 1 e 7)

 

 

Inauguration de la restauration des Colonnes de Buren 

 
Passy

Passy é uma das áreas mais nobres  do 16o arrondissement. Um lugar muito agradável para passear, tomar um café e admirar as vitrines.   A Rue de Passy, que vai de La Muette até a praça Costa Rica atrás do Trocadero, tem muitas boutiques e lojas de rede e pode ser uma boa opção se você quer fazer suas compras num lugar mais parisiense do que turístico como nos arredores da Gallerie lafayette.

O Marché de Passy, na esquina da rue Duban com a rue Bois le Vent, é coberto e abre todos os dias, exceto nas segundas-feiras (aos domingos só pela manhã), fecha para almoço das 13 às 16h.  Lá se pode comprar o melhor dos produtos frescos e produtos típicos franceses como o queijo e o pão.

Há ainda o cemitério de Passy (2, rue du Commandant Schoelsing) onde jazem famosos como Pearl White, Edouard Manet, Berthe Morisot e Claude Debussy. Honoré Balzac morou e escreveu em Passy, sua casa agora é um museu, a Maison de Balzac (47, rue Raynouard). Entrada gratuita e fechado nas segundas-feiras.

Ainda nessa região fica o Museu do Vinho e o Museu Marmotan (ver Museus).

 

Cité Universitaire e Parque MontSouris

A cité, um dos maiores complexos de alojamento de estudantes do mundo,  é um grande exemplo de diplomacia. Mais de 40 países têm sua "maison", administrada pelo próprio país e destinada a receber seus estudantes, pesquisadores e artistas que vêm estudar em Paris. As vagas são prioridade de estudantes de nacionalidade da própria "maison", mas eventualmente as nacionalidades podem se misturar. A "maison"do Brasil é famosa e muito visitada por estudantes de arquitetura do mundo todo, pois foi projetada por Oscar Niemeyer. O complexo é enorme e muito bonito. Existe uma sede central com o apoio administrativo que os estudantes precisam, além de um café e restaurante universitário (ver Resto U em  "onde comer"). Em frente à Cité, há o parque MontSouris, que também é um passeio muito agradável e uma boa opção para picnic.

17 Boulevard Jourdan, 75014,  PARIS

Metrô: Cité Universitaire (RER B ou T3)

 

La Villette

Esta é uma ótima opção de passeio em Paris com crianças  em dias bonitos. La Villette é uma enorme área (55 hectares) de lazer e diversão que inclui o parque, a Grande Halle, a Cité de la musique e  a Cité des sciences et de l'industrie.  O Parc de la Villette é a maior área verde de Paris e o protótipo do parque urbano do século XXI. Há 10 jardins temáticos para as crianças brincarem e para os adultos admirarem. Um deles tem o tema "Ventos e Dunas", dá para imaginar a brincadeira... 

 

No meio do parque está a Géode, uma sala de cinema gigante com uma tela esférica (360 graus) de 1 000 m². 

A Cité de la Musique, reúne salas de concertos, uma "médiatheque" (uma espécie de lugar com ateliers pedagógicos para adultos e crianças), e o Museu da Música.  Promove cerca de 250 concertos por ano. A visita do museu da música é "musicada" e inclui concertos gratuitos todos os dias.

A Cité des Sciences et de l'industrie é um lugar para adultos e crianças descobrirem os segredos da ciência, participar de experiências muito divertidas e viajar nas infinitas possibilidades da imagem.  Na  Cité des Sciences et de l'Industrie há ainda o Cinaxe, uma grande sala de simulação parecida com as da Disney e a Cité des Enfants, dedicada às crianças.

 

 

Aberto de terça a sábado de 10h a 18h ; domingos de 10h a 19h.

Cité de la Musique: Acesso livre à Cité, o museu é pago: 8€ (audioguia gratuito em  francês e inglês),  gratuito para os menores de 26 anos.  Exposições: 8€ (-7 anos gratuito), Happy Hours 3€
Suplemento planetarium 3 €.
La Cité des enfants (2-12ans) 6€
Géode 9€,  para menores de 26 anos 7€
Submarino Argonaute 3€ (-7 anos gratuito)
Cinaxe 4,80€ em suplemento a um outro bilhete.

Há bilhetes conjugados.


A Grande Halle e a Cité de la Musique ficam ao sul do parque, perto do metrô Porte de Pantin, a Cité des Sciences fica ao norte, perto do metrô Porte de la Villette. Há um canal, canal de l'Ourcq, que corta o parque ao meio.

 

 211, avenue Jean Jaurès, 75019,  PARIS

Metrô: Porte de Pantin (linha 5) ou Porte de La Villette (linha 7).

 

Playmobil FunPark

 Outra ótima opção para as crianças! É um salão enorme de jogos Playmobil, onde as crianças podem " entrar"  nas construções de Playmobil para brincar. São ao todo 12 áreas de jogos com decorações gigantes numa área total de 2000 m² ! A entrada custa apenas 2.00 euros e é gratuita para menores de 3anos. Há uma lanchonete dentro do parque.  Fica a 20km de Paris, tem estacionamento gratuito.

Aberto de Terça a Domingo, das 10-19h. 

22/24 allée des Jachères
ZA La Cerisaie, 94263 FRESNES, France
Tel: 01 49 84 94 44
www.playmobil-funpark.fr/

 

Cour Saint Émilion

Cour Saint Émilion ou Bercy Village  é um shoppingzinho ao ar livre muito charmoso, com lojas bem interessantes, alguns restaurantes, cafés e bares (75012, linha 14 do metrô - vá no primeiro vagão pois essa linha não tem motorista, muito interessante!).  Aí se encontra um dos Bar à Vin da rede de lojas de vinho Nicolas (ver Onde Comer), há também um pub chamado Froggs, bem animado, geralmente tem música ao vivo ou jogos nos telões.

Montparnasse
Cemitérios
Mesquita
Igreja da Medalha Milagrosa
Parc de France e Stade de France
Ônibus 63

Se na sua programação você for se deslocar do Trocadero em direção ao Cartier Latin, pegue o ônibus 63 direção Gare de Lyon na Praça do Trocadero (bem na saída do metrô). O ônibus vai passar pela praça Alma Marceau, vai seguir paralelo ao Champs-Elysées passando pela ponte Alexandre III, Grand Palais, Invalides, Louvre, Boulevard Saint Germain todinho... você pode descer em St Germain-des-Prés, Cluny (esquina com Bd St Michel), ou pode seguir até o Jardin des Plantes. O trajeto é lindo, praticamente um city-tour! A duração do passeio até Odéon é de aproximadamente 20 minutos.

 
 

 

 

Desculpe o transtorno, esta página ainda está em construção.



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!